quinta-feira, 19 de setembro de 2013

10 dicas importantes para antes de aceitar um projeto de tradução

1. Se se tratar de um novo cliente direto, ou de uma nova empresa de tradução, verifique se já houve atrasos ou queixas registrados em listas de discussão ou foruns de tradução. Verifique a veracidade das informações disponíveis no site da empresa, tais como telefone de contato, localização, CNPJ, etc. Uma forma de evitar a inadimplência é exigir 50% do valor contratado no início do trabalho e só enviar o restante da tradução após a confirmação do depósito do valor restante em sua conta. Com clientes antigos, você não apenas pode, como deve ser mais flexível.

2. Deixe tudo registrado e documentado por meio de e-mail e documentação: proposta ou pedido de tradução com instruções detalhadas e informações como data da proposta; prazo; idioma de origem e idioma de destino; número de palavras; valor por palavra e valor total; formato original e final dos arquivos; forma de envio; instruções de pagamento; data e hora de entrega; data de validade da proposta e todas as informações pertinentes para resguardar os interesses de ambas as partes.

3. Tenha sempre à mão o e-mail, o telefone de contato do cliente (de preferência mais de um número). Disponibilize seus contatos, é importante que o cliente consiga localizá-lo sempre que precisar.

4. Em hipótese alguma aceite um trabalho sem antes examiná-lo e sem saber do que se trata.

5. Avalie cuidosamente o projeto antes de passar um orçamento: leia o texto original e avalie a qualidade (um texto mal escrito no idioma de origem será mais difícil de traduzir); verifique se há terminologia especializada (o tempo gasto em pesquisa deve ser considerado no cálculo do orçamento); considere o prazo dado (cobre mais para traduzir em caráter de urgência); verifique o formato do texto de origem, pois alguns formatos não permitem recursos como corretor ortográfico, contagem de palavras, localizar e substituir palavras o que dificulta consideravelmente o processo de tradução. Mas atenção, a demora para passar o orçamento pode ser interpretada como desinteresse, por isso, seja ágil.

6. Salve o original e deixe-o intacto, trabalhe em uma cópia renomeada, acrescente o final _ES, por exemplo, se estiver traduzindo para o espanhol. Salve constantemente o trabalho inclusive num dispositivo pen-drive ou similares. Envie os arquivos traduzidos frequentemente para seu próprio e-mail. Imagine o que aconteceria se você estivesse prestes a terminar a tradução de um projeto de mais de 50.000 palavras e ocorresse uma queda de energia e você não tivesse o arquivo em outro lugar além de seu computador?... caixão!

7. Peça materiais de referência que possam servir como material de apoio, tais como glossários ou documentos relacionados.

8. Consulte o cliente sempre que for necessário e conserve os nomes dos arquivos e a estrutura de pastas.

9. Organize bem o trabalho no computador. Crie uma pasta para cada cliente; para cada projeto, mantenha uma versão original e crie um glossário para cada cliente ou projeto.

10. Cumpra o prazo e não altere a tarifa após o início do trabalho. Se você acha que cobrou um valor abaixo do que deveria ter cobrado, assuma o prejuízo — mantenha sua palavra e o acordo — isso é fundamental. Da próxima vez seja mais criterioso antes de enviar o orçamento.

Seja sempre cordial e profissional, preze pela qualidade e com certeza não lhe faltarão novos pedidos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário