segunda-feira, 1 de julho de 2013

San Juan Ára

A festa junina San Juan Ára no Paraguay é uma das maiores celebrações nacionais, é uma festa que mistura tradições religiosas e pagãs. As celebrações começam a partir do dia 23 de Junho, véspera do dia de San Juan Bautista. É uma festa tradicional muito prestigiada pela comunidade, em que as pessoas se reúnem para participar de brincadeiras, apreciar comidas típicas e dançar.

Eu morei no Paraguay dos 5 aos 8 anos de idade e lembro bem a ansiedade com que aguardávamos a chegada das festas de São João, eram muito divertidas e diferentes.

A Fiesta de San Juan foi trazida da España e adquiriu características bem particulares, o fogo é uma das principais atrações da festa. A maioria das brincadeiras têm nomes guaranis, a mais perigosa é a “pelota tatá” que consiste em uma bola de pano embebida em querosene ou gasolina. A bola é acessa e se transforma em uma bola de fogo que a multidão chuta para afastar. O “tatá ári jehasa” ou “tatá py-ï ari yejhasa” também é uma brincadeira perigosa: consiste caminhar sobre as brasas com os pés descalços. É uma questão de fé e normalmente os participantes não sofrem queimaduras.

Uma brincadeira que inspirava verdadeiro pavor na criançada era o “toro candil” (aliás, no Paraguay as crianças são chamadas de “criaturas”. Em português soa engraçado, não?). Nessa brincadeira alguém vestia uma cabeça de touro com os chifres em chama e corria entre a multidão.



O “yvyra syî” é o que no Brasil chamamos de pau de sebo, que consiste em subir um poste ensebado para pegar o prêmio que está amarrado na ponta. O “casamiento koyguá” é o nosso casamento caipira. O “kambuchi jejoká” é uma “pinhata” ou “pichorra” feita com um vaso de cerâmica que o participante deve quebrar com ajuda de um pau e com os olhos vendados. “Paila jeheréi” consiste em tentar retirar com a boca uma moeda grudada a uma frigideira caramelizada. A festividade acaba com a queima do "judaskai", um boneco de tamanho real recheado de explosivos e fogos artificiais. Apesar de a maioria das brincadeiras serem “politicamente incorretas” por envolver fogo, era divertido pra dedéu! Claro que depois é bom falar para as crianças que essas brincadeiras não podem ser feitas sem a supervisão de um adulto e blá, blá, blá…

Outra brincadeira típica é a "carrera vosa", nossa “corrida do saco”.

Quanto às comidas típicas da festa, podemos citar o "mbeju", uma espécie de tapioca de queijo e amido de mandioca, "pastel mandi'o", um pastel feito com uma mistura de massa de mandioca, além das deliciosas "chipas”, comida típica paraguaia feita à base de amido de mandioca e queijo.

A festa de San Juan também representa a oportunidade de as mulheres arrumarem marido. Para isso, há uma série de simpatias, entre elas a de enterrar uma faca numa bananeira à meia-noite do dia 23, ao dia seguinte a faca é retira e nela deve aparecer a letra inicial do futuro marido; a de pingar cera de vela num recipiente com água ao meio-dia do dia 24, também será revelada a inicial do futuro esposo; a prova do galo, que consiste em cobrir os olhos e ficar fechada num lugar oculto por um tempo, depois se reúne com as amigas e todas devem segurar milho nas mãos, a seguir deve-se soltar um galo no meio delas e aquela de cuja mão o galo comer o milho é quem vai casar primeiro. Também tem a simpatia de jogar tinta numa folha, dobrar e colocar embaixo da almofada antes de dormir na noite do dia 23, no dia seguinte deve-se procurar alguém que saiba decifrar os desenhos, geralmente as avós.

Isso que é festa de verdade, diversão garantida!

5 comentários:

  1. Oi, boa tarde!
    Meu nome é Alexandra, e queria sua ajuda. Preciso de uma brincadeira típica paraguaia que possa ser feita em sala de aula com crianças de 4 a 10 anos. Será que vc conhece alguma? Eu fico muito grata pela sua ajuda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alexandra!

      Obrigada por visitar minha página. Você pode encontrar várias brincadeira típicas do Paraguay no link abaixo:

      http://es.wikipedia.org/wiki/Juegos_tradicionales_del_Paraguay

      Sucesso!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Vc pode me dizer se a paçoca é uma comida típica dessa festa na Espanha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Pedro Gabriel, obrigada pelo contato.

      A festa que descrevi aqui nesta postagem é uma festa típica do Paraguai. Quanto à sua pergunta sobre a paçoca, no Brasil temos a paçoca doce de amendoim e a paçoca salgada resultante da mistura de charque com farinha socados no pilão, por exemplo. Na Espanha, que eu saiba não tem paçoca, ao menos, não com farinha de mandioca. O que remete um pouco à paçoca salgada na Espanha, acho que seria o "cuscús marroquino", feito com sêmola de trigo. E o mais semelhante à nossa paçoca doce de amendoim, seria, em minha opinião, os "polvorones" feitos à base de manteiga, farinha de amêndoas e açúcar.

      Espero ter ajudado.

      Excluir