quarta-feira, 6 de março de 2013

O uso do artigo em espanhol

Em geral, os principais problemas dos alunos brasileiros relativos ao emprego do artigo são:

Uso do artigo neutro.

Os estudantes brasileiros têm dificuldade para entender a função do artigo neutro em espanhol "lo" e empregá-lo corretamente pois em português não existe a forma neutra. Os erros mais frequentes são:

Utilização do artigo definido masculino em lugar do neutro.

Exemplo: *El principal de la vida es amar.

(o asterísco * indica erro) Utilização da forma neutra “lo” em lugar do artigo definido “el”.

Exemplo. *Lo niña y la niña son compañeros de clase.

OBSERVAÇÃO: O artigo neutro “Lo” somente se utiliza acompanhado de adjetivos, advérbios ou particípios. Nunca deve se utilizar acompanhado de nomes.

O uso do artigo antes de nomes próprios.

O português, ao contrário do espanhol, costuma empregar o artigo definido antes de nomes próprios, principalmente de países, regiões e cidades. Isso resulta na presenta do artigo em construções que não o admitem em espanhol. Exemplos: *El Brasil es un país muy grande.

Presença do artigo antes do possessivo.

Em espanhol, o artigo não é usado antes do possessivo. No entanto, o uso do artigo no Português neste caso é opcional e muito frequente. Isto induz a erros no uso do artigo, com o possessivo. Ejemplo: *La mi casa es bonita.

Omissão do artigo para indicar as horas.

Em espanhol, é obrigatória a presença do artigo definido diante das horas, enquanto em Português, geralmente, não é empregado. Os alunos, por interferência da língua materna, costumam omitir o artigo nesses casos. Exemplo: *Son três horas. (Son las tres).

Regras de eufonia.

Os alunos brasileiros têm dificuldade para entender a troca do artigo la/una por el/un quando a palavra determinada começa por "a-" ou "ha-" tônicas para evitar a cacofonia (som desagradável). A presença do artigo masculino, no entanto, não muda o gênero da palavra e ao passa-la para o plural, volta-se a empregar a forma feminina. Exemplo: *La agua estaba hirviendo. (El agua estaba hirviendo).

Uso do artigo diante de palavras heterogenéricas.

Por influência do português utiliza-se o artigo que corresponde ao gênero da palavra em português diante de palavras heterogenéricas. Ejemplo: *La viaje fue estupenda. *El sangre estaba contaminado.

As contrações.

Em espanhol há apenas duas contrações: a resultante da preposição "de" e o artigo definido "el" = “del” e a resultante da preposição “a” e o artigo definido “el” = “al”. Em português há muitas mais contrações e combinações, o que costuma provocar confusão nos aprendizes brasileiros. Situações em ocorrem mais erros:

Em português, diante dos dias da semana e das estações emprega-se a forma contraída, mas em espanhol usa-se somente o artigo ou a preposição. Exemplos: *[En] el domingo fuimos al cine. (El domingo fuimos al cine). *Voy a viajar en [el] invierno. (Voy a viajar en invierno).

No espanhol, diferentemente do português, usa-se o artigo antes de porcentagens. Exemplos: El 10% de la población no come todos los días.

No espanhol usa-se o artigo antes da palavra “dia” para especificar uma data. Exemplo: Nací el día 16 de junio (Nasci dia 16 de junho).

Em português você pode ou não usar o pronome antes do artigo para indicar uma data. Vejamos as possíveis traduções para o nome do bolero “El día en que me quieras”:

O dia que me amares

O dia em que me amares

No dia que me amares

No dia em que me amares



Em português é comum a omissão do artigo diante de substantivos usados de modo vago, genérico. Exemplo: Quem pensa que fotografia é uma profissão muito excitante está inteiramente enganado. (El que piensa que la fotografia es uma profesión muy excitante está completamente equivocado).

2 comentários:

  1. Olá, Boa noite!

    Gostaria de saber se preciso repetir a preposição e o artigo em situações como nesta frase: "El texto analiza las situaciones sociales en el período de la pre-abolición, [de la] abolición y [de la] post-abolición."

    Grata pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Patrícia

      Quanto a seu questionamento:

      Não vejo necesidade de repetir a preposição e o artigo diante dos elementos "abolición" y "posabolición" (em espanhol, o prefixo une-se à palavra sem hífen) já que eles tem uma relação de paralelismo sintático com o primeiro elemento "preabolición", ou seja, todos tem a mesma função sintática, são complementos nominais da palavra "período". Além disso, os tres substantivos são do gênero femenino.

      Isso não seria possível no seguinte caso:

      "...en el período de la preabolición, abolición y modernismo"

      Como "modernismo" é um substantivo masculino, não seria possível o paralelismo e teria de se colocar a preposição e o artigo diante de cada substantivo:

      "...en el período de la preabolición, de la abolición y del modernismo"

      Espero ter respondido a sua dúvida.

      Um abraço!

      Excluir