terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Futuro do Subjuntivo

Emprega-se o futuro do subjuntivo para assinalar uma possibilidade a ser concluída em relação a um fato no futuro, uma ação vindoura, mas condicional a outra ação também futura. Denota incerteza e probabilidade.
* Quando eu voltar, saberei o que fazer.
* Quando os sinos badalarem nove horas, voltarei para casa.

Também pode indicar uma condição uma incerteza, presente ou futura.
* Se ele estiver lá amanhã, certamente ela também estará. 


No espanhol, o futuro do subjuntivo está em desuso. Atualmente o seu uso se limita ao âmbito legal. A seguir um exemplo da Ley Orgánica del Código Penal de 1995 (artículo 485.1):
El que matare al rey [...] será castigado [...]
Nesse caso, é correto o uso do presente do subjuntivo já que é improvável que alguem mate o rei. Caso fosse usado o presente do indicativo: El que mate al rey [...] será castigado [...] estaríamos dando por certo o fato de que, mais cedo ou mais tarde, alguém mataria o rei. 


Ao traduzir para o espanhol o futuro do subjuntivo em orações condicionais, deve-se empregar o presente do indicativo: 


Se for assim, eu não vou > Si es así, no voy.
Se precisar de ajuda, é só pedir > Si necesitas ayuda, pídela.
Se chover, não iremos > Si llueve, no vamos.
Se ele estiver lá, certamente ela também estará. = Si él está allí, seguramente ella también estará. 

Se quiser falar comigo, me ligue. = Si quieres hablar conmigo, llámame. 
Se precisarem de uma indicação, é só pedir. = Si necesitáis una indicación, solo tenéis que pedírmela.
Fale com meu advogado se precisar de apoio jurídico. = Habla con mi abogado si necesitas apoyo jurídico.
Se soubermos de alguma coisa, entraremos em contato com você = Si sabemos algo, nos pondremos en contacto contigo.
Procures a assistência técnica se o aparelho não funcionar. = Contacta con la asistencia técnica si el aparato no funciona.
Se o doente piorar, ou se os sintomas pertistirem, chame o médico. = Si el enfermo empeora, o si los síntomas persisten, llama al médico.

Ao traduzir para o espanhol o futuro do subjuntivo em orações temporais deve-se empregar o presente do subjuntivo.


Quando for necessário, peça ajuda. > Cuando sea necessário, pide ayuda.
Quando estivermos cansados, pareremos para dormir > Cuando estemos cansados, pararemos para dormir.
Eles comprarão tudo o que puderem > Ellos comprarán todo lo que puedan.
Quando eu voltar, saberei o que fazer. = Cuando vuelva, sabré lo que hacer.
Quando os sinos badalarem, voltarei para casa. = Cuando suenen las campanas, volveré a casa.
Quando você terminar sua série de exercícios, eu caminharei 6 km. = Cuando termines tu serie de ejercicios, andaré 6 km. 

Quando formos mais velhos, compraremos nosso apartamento. = Cuando seamos mayores, compraremos nuestro piso.
Pararemos para descansar quando estivermos com sono. = Pararemos para descansar cuando tengamos sueño.
Quando viajares para Paris, não se esqueça de trazer-me uma lembrancinha. = Cuando viajes a París, no te olvides de traerme un recuerdo.
Agora está feio, mas quando estiver pronto, vai ficar lindo. = Ahora está feo, pero cuando esté listo, quedará bonito.
Quando eu melhorar, voltarei a treinar = Cuando me mejore, volveré a entrenar.

Exemplo com locução verbal:
* Quando você tiver terminado sua série de exercícios, eu caminharei 6 Km. = Cuando hayas terminado tu serie de ejercicios, yo caminaré 6 km.


Construção "sempre que + futuro do subjuntivo":

Ligue para mim, sempre que precisar desabafar = Llámame siempre que necesites desahogarte.
Reclamaremos sempre que tivermos a razão = Protestaremos siempre que tengamos la razón.
Sempre que estiver triste, pense em coisas boas = Siempre que estés triste, piensa en cosas buenas.
Visitaremos nossos pais sempre que pudermos = Visitaresmos a nuestros padres siempre que podamos.

12 comentários:

  1. Información muy útil. Sinceramente, no lo sabía.

    ResponderExcluir
  2. Es la primera vez que me pongo en contacto con el modo futuro do subjuntivo, en español, y la explicación ha sido re-ocurrente.
    ¡Enhorabuena por la agudeza!

    ResponderExcluir
  3. Diana, tudo bem?
    Aprendo muito com você!
    Abraço fraterno.

    Geni

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário estimulante, Gê, fico muito feliz, pois o objetivo do blog é esse mesmo: compartilhar conhecimento.

      Um abraço fraterno para você também!

      Excluir
  4. Muitissimo obrigado pelo post, Diana! Não estava encontrando essa explicação em nenhum lugar! Sorte de achar aqui! Muchas gracias por todo!

    ResponderExcluir
  5. Muito boa a explicação! Eu costumo utilizar muito este modo verbal nas minhas frases em português e não sabia que estava em desuso no espanhol. Ta explicado o motivo de eu quase não ter visto isto.

    Muchas gracias

    ResponderExcluir
  6. Me encanto este post, no podia entender el futuro subjuntivo, y tu blog me quito la frustacion :-) muchas gracias

    ResponderExcluir
  7. ¡Buenos días, Diana!
    Trabajo como profesor de español aquí en Brasil por casi 4 años y se me hacía muy difícil explicar a mis alumnos sobre este tiempo verbal, pero los ejemplos que vos utilizás aquí me van a ayudar muchísimo... ¡Muchas gracias por tu ayuda!.. si podés, por favor envíame más ejemplos a mi e-mail: jrtranslationfield@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa, muuuuito boa sua explicacao.

    ResponderExcluir
  9. Obrigado! Clareza e objetividade na explicação, ótimo trabalho de reflexão !

    ResponderExcluir